ATUALIZAÇÃO – ENGANO: OVNI é fotografado por câmera que monitora vida selvagem

ATUALIZAÇÃO: Este caso foi solucionado e não trata-se de OVNI, segundo especialistas trata-se do reflexo dos olhos do veado na lente da câmera. Agora eu me pergunto, será que não sabiam disso desde o início e mesmo assim fizeram a notícia bombar na mídia, para depois mostrar que não era nada de OVNI e assim, mais uma vez, dar uma descredibilizada na ufologia??? Nós colocamos o vídeo abaixo, porque queremos a verdade acima de tudo. Segue vídeo:

Fonte deste vídeo: ParaBreakdown

==================================

MATÉRIA ORIGINAL (04/04/2014): Luzes misteriosas (OVNI ou OVNIs) foram fotografadas por uma câmera de trilha (destinada a fotografar vida selvagem) na noite de 16 de fevereiro, em Cumbest Bluff do Condado de Jackson. Rainer e Edith Shattles, proprietários da câmera, nunca se cansam de olhar para a foto misteriosa.

O cronograma das imagens é o seguinte: Às 19:24, veados aparecem e tudo está normal. Às 07:29, aparece uma luz fraca. Às 7:35, luzes ficam mais brilhantes.

Segue vídeo reportagem sobre o caso:

.

.

.

Mais de 3.380 pessoas curtiram nossa Fan page no Facebook

Inscreva-se no nosso canal no Youtube 🙂

Weslem

Fonte: ADG UK

Links ETs & ETc…:

Se você visitar nossa PÁGINA PRINCIPAL corre o risco de não querer sair do site. Pense bem antes de clicar.
[box type=”alert”] ATENÇÃO PARA AS REGRAS DOS COMENTÁRIOS – Não serão permitidas ofensas e palavras de baixo calão ou “gracinhas” ofensivas ao tema ou as pessoas. Antes de criticar as postagens do Blog, leia nossa política. Você pode criticar as postagens à vontade, desde que seja com educação. Caso contrário, seu comentário não será publicado e havendo persistência, será banido dos comentários. Obrigado pela compreensão.[/box]

Weslem

Weslem Andrade é formado em Artes plásticas pela Universidade Federal de Uberlândia. Virou pesquisador de Ufologia em 2001, após ter o que julga ser o seu principal avistamento ufológico. Tal experiência e engajamento em pesquisas, culminou com a criação do blog ETs & ETc..., em agosto de 2010.

4 thoughts on “ATUALIZAÇÃO – ENGANO: OVNI é fotografado por câmera que monitora vida selvagem

  • 21/04/2014 em 10:14
    Permalink

    A explicação apresentada não está correcta. Ela é baseada, mais uma vez, no pressuposto de que a ocorrência foi mal interpretada.
    O individuo que elaborou esta explicação não foi totalmente isento e quis apenas fazer ver o seu ponto de vista…

    Eu explico:
    De facto aquelas duas “luzes” de alguma forma, coincidem com o reflexo dos olhos do veado. No entanto, no vídeo original podemos verificar que quando à referência ao aparecimento de algo mais claro (a partir dos 00:47 de filme) não há na imagem qualquer animal ou quando há, ele não está directamente à frente da câmara por isso não há elementos que possam dar origem a algum tipo de reflexo na lente.

    Por outro lado o apresentador da notícia dá uma informação errada quando diz que a camara é de infra vermelhos e não emite luz.
    Ora os aparelho de infravermelhos para verem no escuro tem de tem uma fonte luminosa. Ou é o próprio aparelho que emite essa luz ou a luz é fornecida exteriormente. Uma vez que não me parece que no meio de uma floresta os animais usem iluminação para ver melhor, o mais lógico para quem quer fazer esse tipo de imagem é ter uma fonte de luz infravermelha.
    Os únicos aparelhos que podem “ver” sem uma fonte luminosa são os intensificadores de imagem, que usam a luz ambiente (das estrelas por exemplo) para através da eletrónica, ampliar essa luz dezenas de milhares de vezes (50 a 60 mil vezes) e assim conseguir ver no escuro.

    Na câmara apresentada, sem verificarem aos 00:55, podem ver na parte superior e sobre a objectiva, os leds de luz infravermelha.

    Esta é a câmara em questão:
    http://www.walmart.com/cp/Game-Cameras/1080024

    Embora pense não se ter tratado de algo “fora deste mundo”, confesso que não encontro uma explicação para o aparecimento de luzes, fotografadas numa posição superior, no meio da floresta…
    Embora esta explicação seja a mais plausível, quanto a mim não me satisfaz pelos motivos que apresentei.

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *