Mãe e bebê, de crânios alongados, são descobertos na Bolívia

Arqueólogos finlandeses, os quais trabalham perto da aldeia de Patapatani na Bolívia, recentemente descobriram os restos mortais de pelo menos seis pessoas enterradas sob uma torre funerária Aymara, originalmente construída para pessoas de status elevado desta cultura ancestral.

Dois desses corpos pertencem a uma mulher e seu bebê, algo que seria comum se não fosse pelo fato de que ambos têm os seus crânios alongados.joven-patapatani

Brien Foerster, um arqueólogo estudioso da presença de crânios alongados em diferentes culturas da humanidade, mais conhecido por suas pesquisas sobre os famosos crânios de Paracas, recentemente visitou o museu, para onde os esqueletos Patapatani, desenterrados, foram transferidos.

De acordo com o pesquisador, com base na forma da pelve, o esqueleto que vemos na foto ao lado,  pertence a um jovem que morreu em sua pré-adolescência, com uma cabeça alongada que excede as proporções de uma deformação craniana artificial.

Brien Foerster no museu observando o feto com o crânio alongado.
Brien Foerster no museu observando o feto com o crânio alongado.

Além disso, o feto encontrado na torre funerária teria entre 7 e 9 meses de desenvolvimento. É possível que o bebê tenha morrido junto com sua mãe, a jovem crânio alongado, durante o próprio parto.

Se esta última prova for o caso, estamos diante de um bebê nascido diretamente com o crânio alongado, própria condição de sua mãe. As ramificações seriam enormes e poderíamos estar diante de uma subespécie humana extinta há relativamente pouco tempo.

NOTA ETs & ETc…: Na matéria fica claro que não trata-se de alongamentos cranianos feitos mecanicamente, até porque o crânio da mulher excede as proporções de uma deformação craniana artificial e o crânio do bebê já se formou alongado na gestação. Seriam os dois, esqueletos de espécie híbridas Frutos da mistura de DNA humano e extraterrestre?

Fonte da notícia: Mystery Planet

Weslem

Weslem Andrade é formado em Artes plásticas pela Universidade Federal de Uberlândia. Virou pesquisador de Ufologia em 2001, após ter o que julga ser o seu principal avistamento ufológico. Tal experiência e engajamento em pesquisas, culminou com a criação do blog ETs & ETc..., em agosto de 2010.

One thought on “Mãe e bebê, de crânios alongados, são descobertos na Bolívia

  • 04/07/2016 em 12:27
    Permalink

    Pode se tratar também de uma outra raça muito antiga que não tem relação com o Homo Sapiens, os
    chamados Homo Capensis.

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/etseetc/public_html/wp-includes/functions.php on line 5279