Caso Ilha de Trindade – Verdade ou farsa ? Você decide…

Em 1958, Almiro Baraúna, Fotógrafo Profissional, estava a bordo de um Navio da Marinha Brasileira numa viagem à Ilha da Trindade e por um acaso teve a oportunidade de bater 4 Fotografias de um Objeto Voador Não Identificado.


Nota ETs & ETc…: Bem depois da morte de Almiro Baraúna a rede Globo de televisão noticiou e mostrou uma amiga de Baraúna dizendo que as fotografias do disco voador foram forjadas pelo próprio Baraúna, no entanto este já estava morto e não poderia mais se defender ou ratificar as alegações da suposta amiga. Assistam ao vídeo que editei e me digam: Em quem você acredita???
Se você visitar nossa PÁGINA PRINCIPAL corre o risco de não querer sair do site. Pense bem antes de clicar 

Por Weslem

Weslem

Weslem Andrade é formado em Artes plásticas pela Universidade Federal de Uberlândia. Virou pesquisador de Ufologia em 2001, após ter o que julga ser o seu principal avistamento ufológico. Tal experiência e engajamento em pesquisas, culminou com a criação do blog ETs & ETc..., em agosto de 2010.

3 thoughts on “Caso Ilha de Trindade – Verdade ou farsa ? Você decide…

  • 20/09/2012 em 20:02
    Permalink

    gente, isso já foi desmentido, inclusive com uma matéria na tv, ele utilizou 2 colheres para simular o ovni.
    vou achar o link do video e posto pra vocês

    Resposta
    • 20/09/2012 em 20:52
      Permalink

      Sério Alexandre, e vc acreditou? rs… que ingenuidade, uma mulher que se diz amiga do Baraúna, vem 10 anos depois de o Baraúna falecer e diz que foi tudo mentira e que ele contou pra ela e pra mais ninguém…rs… o morto não pode se defender né…pelo menos por enquanto. Agora vejo que vc prestou bastante atenção no vídeo que coloquei, pq o video do qual vc fala que vai achar, já está nesta

      Resposta
  • 23/09/2012 em 00:56
    Permalink

    KKKKKKKK, odeio essa palhaçada de televisão e governos ficarem fazendo a população de besta! Os fatos tão aí na cara, só não enxerga quem não quer..

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *