metal capa

Conheça a peça de alumínio fabricada há 300 milhões de anos

em junho 17 | em Análises, Arqueologia, Ciência, Mistério, Notícia | por | com 4 Comments

Compartilhe com seus amigos terráqueos
Crédito da foto: en.wikipedia.org

Crédito da foto: en.wikipedia.org

A Voz da Rússia, dentre outras fontes russas, estão relatando que um pedaço de alumínio, parte de uma máquina, de 300 milhões de anos de idade  foi encontrado em Vladivostok. Especialistas dizem que um trilho de engrenagem parece ter sido fabricado e não é resultado de forças naturais.

De acordo com Yulia Zamanskaya , quando um residente de Vladivostok foi acender o fogo durante uma noite fria de inverno, ele encontrou um detalhe de metal em forma de trilho que foi prensado em um dos pedaços de carvão que o homem usou para aquecer a lareira de sua casa.

Hipnotizado pela sua descoberta, o cidadão responsável decidiu procurar a ajuda de cientistas da região de Primorye. Depois que o objeto de metal foi estudado pelos principais especialistas, o homem ficou chocado ao saber da idade presumível de sua descoberta. O detalhe de metal possuíra supostamente 300 milhões de anos de idade, e mais, os cientistas ainda sugerem que ele não foi criado pela natureza, mas foi fabricado por alguém.

A questão de quem poderia ter feito uma engrenagem de alumínio na aurora dos tempos permanece sem resposta. A descoberta parece muito com um trilho de metal dentado, criado artificialmente. Era como se as peças fossem utilizadas em microscópios e em vários dispositivos técnicos e eletrônicos, diz a escritora Natalia Ostrowski em KP UA diário.

Crédito: joy4mind

Crédito: joy4mind

Hoje em dia, encontrar um artefato estranho no carvão é uma ocorrência relativamente frequente. A primeira descoberta deste tipo foi feita em 1851, quando os trabalhadores em uma das minas de Massachusetts extraíram um vaso incrustado em prata de zinco a partir de um bloco de carvão Unmined que datava da era cambriana, que data de aproximadamente 500 milhões de anos atrás.

Sessenta e um anos depois, cientistas americanos de Oklahoma descobriram uma panela de ferro que foi pressionada em um pedaço de carvão com idade entre 312 milhões anos de idade. Depois, em 1974, uma parte de montagem de alumínio de origem desconhecida foi encontrada em uma pedreira de arenito na Romênia.

Remanescente de um martelo ou uma perna de apoio de uma nave espacial “Apollo”, a peça datada do Jurássico, não poderia ter sido fabricada por um ser humano. Todas estas descobertas não apenas intrigaram os especialistas, mas também minaram as doutrinas mais fundamentais da ciência moderna.

O detalhe de metal que foi recentemente encontrado por morador Vladivostok é mais uma descoberta que deixou os cientistas perplexos. O carvão em que o objeto de metal foi pressionado foi entregue a Primorye das minas da região Chernogorodskiy Khakasia. Sabendo-se que os depósitos de carvão desta região data 300 milhões anos atrás, especialistas russos inferiram que o detalhe de metal encontrado nestes depósitos deve ser da idade do carvão.

Foto de: Valery Brier.

Foto de: Valery Brier.

Outra questão que interessa aos cientistas russos é se a liga de alumínio é de origem terrena ou não. É conhecida, a partir do estudo de meteoritos, a existência de alumínio-26 colossal, que subsequentemente se rompe ao magnésio-26. A presença de 2 por cento de magnésio na liga, pode também apontar para a origem estranha do detalhe de alumínio. Também poderia ser uma evidência de algum passado, desconhecido de civilizações na Terra. No entanto, é necessário mais testes para confirmar esta hipótese.

 Reconstrução do item encontrado perto de Cape Nazimova, na Rússia. Crédito: Natalia Ostrovsky

Reconstrução do item encontrado perto de Cape Nazimova, na Rússia. Crédito: Natalia Ostrovsky

 

Esta é a primeira descoberta em carvão produzida na Rússia, segundo o pesquisador e biólogo da anomalia, Valery Brier, que tomou amostras microscópicas do alumínio para o teste. Valery Brier realizou análises de raios X de difracção de metal. Ele descobriu que o alumínio é muito puro, com micro-impurezas de magnésio de apenas 2 por cento. A análise também foi conduzida pelo membro sênior do Instituto St. Petersburg de Física Nuclear Igor Okunev que confirmou a idade do material de acordo com Natalia Ostrovsky

NOTA ETs & ETC…: Além do formato da peça encontrada, a qual denota uma fabricação, já que a natureza não cria estas formas simétricas em metais, há a questão de que o isolamento do alumínio para a criação de ligas tão puras quanto a encontrada na Rússia, só se deu a partir de 1825, ou seja, alguma inteligência criou esta peça de maquinário há 300 milhões de anos atrás.

Só mais um detalhe: Vocês não verão este tipo de notícia na Rede Globo. Busquem conhecimento 🙂

Fonte: Voz da Rússia e beforeitsnews.com

Contribuição: Ricardo Oliveira

 

Compartilhe com seus amigos terráqueos
Pin It

Comentários no Facebook

« »

Registro de Domínios e Hospedagem de Sites Hostmidia

Scroll to top
ChatClick here to chat!+
Newsletter Powered By : XYZScripts.com
UA-36226169-1