chelyabinsk

Cientistas descobrem a origem de meteorito que caiu na Rússia

em junho 5 | em Astronomia, Bizarro, Ciência, Mistério, Notícia | por | com 2 Comments

Compartilhe com seus amigos terráqueos

Quase nove meses após um meteorito atingir a cidade de Tcheliabinsk, na Rússia, os cientistas desvendaram a origem da imensa bola de fogo que espantou o mundo. Três grupos de pesquisadores revelaram suas descobertas nesta quinta-feira (7).

Uma das pesquisas liderada por Jiri Borovicka, da Academia de Ciências da República Tcheca, explica como ninguém viu a aproximação do meteorito com antecedência. Segundo os pesquisadores, o meteorito ficou em uma posição que o impedia de ser observado pelos astrônomos nas seis semanas que antecederam o impacto.

O cálculo da órbita do meteorito coincidia com a do asteroide 1999 NC43. Com 2,2 km de diâmetro, esse objeto celeste se alterna em sua rota entre o cinturão de asteroides e as proximidades da Terra. Portanto, é provável que o meteorito fosse um pedaço que se desprendeu do asteroide.

Outro artigo revelou que o impacto do asteroide e suas consequências foram muito maiores do que o estimado. Peter Brown e seus colegas da University of Western Ontario (Canadá) calcularam que a explosão do meteorito ao entrar na atmosfera teve a força de 500 mil toneladas de TNT (trinitrotolueno), atrás apenas do objeto que caiu em Tunguska, na Sibéria, em 1908.

Os cálculos das propriedades do meteorito e de sua rota apontam que o objeto estava a 19 km por segundo quando alcançou a atmosfera terrestre. Quando chegou à altitude de 45 a 30 quilômetros, explodiu a 27 km do solo, emitindo gás e poeira. Sua massa era de cerca de 10 mil toneladas. Ou seja, maior e quase duas vezes mais pesado do que calculado anteriormente.

Já a pesquisa liderada por Olga Popova, da Academia Russa de Ciências, estudou estragos que foram causados pelo impacto. Os cientistas visitaram as áreas afetadas e recolheram os pedaços de meteorito.

Os cientistas estimam, agora, que o risco de um objeto parecido atingir a Terra de novo pode ser maior do que o calculado antes. Os estudos reafirmam, portanto, que os asteroides realmente são perigosos e exigem toda a atenção dos astrônomos.

A pergunta que não quer calar: Será que eles não calcularam a velocidade do OVNI que atingiu o meteorito??? 🙂 , acho que não…

Fonte: Info.abril

Assine ETs & ETc... é grátis
Seu nome
Seu e-mail *
 
 

anuncio canecas 2

etseetc_logo_horizontal2

.

.

.

Weslem
Links ETs & ETc...:
FacebookTwitterYouTubeGaleria Nave MãeCitações relevantesET-MEMES
ATENÇÃO PARA AS REGRAS DOS COMENTÁRIOS - Não serão permitidas ofensas e palavras de baixo calão ou "gracinhas" ofensivas ao tema ou as pessoas. Antes de criticar as postagens do Blog, leia nossa política. Você pode criticar as postagens à vontade, desde que seja com educação. Caso contrário, seu comentário não será publicado e havendo persistência, será banido dos comentários. Obrigado pela compreensão.
Compartilhe com seus amigos terráqueos
Pin It

Terráqueo, comente com seu Facebook

2 Responses

  1. Wesley Garcia disse:

    Lembro do vídeo onde de fato algo intercepta o meteorito, mas em outras filmagens, ele não aparece. Olharam bem isso, Weslen? Por que esse povo tá calado demais, pois as filmagens era claras, houve uma intromissão ali, mas ficou por isso mesmo. Algo indica montagem?

  2. Johne115 disse:

    Hello! This is my first comment here so I just wanted to give a quick shout out and tell you I really enjoy eggkdccgeead

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »

Registro de Domínios e Hospedagem de Sites Hostmidia

Scroll to top
ChatClick here to chat!+
Newsletter Powered By : XYZScripts.com
UA-36226169-1